Qual a Importância dos Softwares de Automação para Engenheiros?

Tempo de leitura: 5 minutos

Você certamente já ouviu falar de alguns softwares de automação para engenheiros, mas, há um dado cruel, característico do mercado brasileiro.

Softwares de qualidade acima da média como o SolidWorks, por exemplo, custam alguns milhares de dólares, para uma única licença.

Como 70% da nossa indústria é formada por micro e pequenas empresas, estes softwares passam longe das considerações de muitos gestores destes negócios.

O que significa que o famoso excel e suas versões em software livre, ainda são a única opção universalmente utilizada no território nacional, mesmo que nem sempre, de forma eficiente.

Entretanto, é preciso deixar claro que não estamos comparando diretamente estes dois softwares.

Mas sim, apenas ressaltando um ponto crucial: seja na gestão de projetos, seja na automação de processos, a realidade brasileira aponta para uma distorção.

Neste cenário, as grandes empresas utilizam todos os recursos possíveis para se aproximarem dos mercados mais desenvolvidos, enquanto as empresas menores, oscilam entre soluções antiquadas ou incompletas e a pirataria.

Resumindo, as empresas que mais se beneficiariam com os softwares de automação, são justamente, as que menos os utilizam e quando o fazem, utilizam de forma parcial.

Mas, o que isso significa para os profissionais das diversas áreas da engenharia? Estes softwares são realmente importantes? E se são, como contornar o problema?

Importância para os Engenheiros e o Problema da Formação

Até os anos 1980 e 1990, a palavra automação se referia basicamente, aos processos de fabricação.

Hoje, porém, a tecnologia permite que o conceito seja ampliado para as diversas etapas da gestão de projetos, que podemos dividir didaticamente em:

• Comunicação: do acompanhamento do cliente, até a finalização e entrega de um projeto, a comunicação entre os diversos profissionais envolvidos sempre foi uma das maiores dificuldades em qualquer empresa.

Neste sentido, a automação é uma solução para garantir agilidade e qualidade desde que, claro, a cultura da melhoria contínua esteja entranhada na mentalidade empresarial.

• Projeto: projetos de engenharia costumam ser realizados por equipes, o que significa que dentro do próprio departamento, as alterações e acompanhamento das diversas etapas, podem se beneficiar da automação para garantir que todos tenham sempre, a informação mais atualizada.

Isso para não falar nos testes de resistência, durabilidade e mesmo, qualidade através de simulações digitais.

• Documentação: em projetos complexos, as alterações e ajustes são frequentes e precisam ser corretamente documentadas.

Mais do que isso, precisam estar disponíveis para consulta de forma simples e organizada.

• Processos (fabricação e administração): um projeto de engenharia não se inicia nem se encerra em si mesmo.

E assim, a automação de processos pode e deve ser utilizada em todas as etapas fabris e administrativas anteriores e subsequentes.

No mundo real, a junção destes pontos, normalmente significa a utilização de mais de um software e a integração entre eles pode ou não ser um problema, dependendo do planejamento de cada empresa.

Um cenário bastante comum, inclui a existência de um MRP ou ERP, com interface online parcial; um software específico para projetos e gerenciamento de engenharia.

E mais inúmeras planilhas de controle, utilizadas pontualmente pelos diversos departamentos.

Em empresas pequenas, planilhas e mais planilhas, com a utilização de algum software conceitualmente similar ao Autocad.

Em qualquer dos casos, fica evidente que os softwares de automação para engenheiros são indispensáveis, mas, parte da cultura empresarial brasileira, bem como do nosso sistema de ensino, insiste em ignorar este fato.

Sobre a Importância Prática e Alternativas

Não apenas no mercado brasileiro, mas, também mundial, os engenheiros costumam ser muito requisitados para funções de gerenciamento abrangentes, extrapolando as funções específicas da área de engenharia.

Por isso, se ainda não está claro, o conhecimento dos softwares de automação de processos é tão importante; mesmo que você venha a trabalhar com as versões mais simples ou incompletas.

Algumas soluções online acessíveis como o Trello, por exemplo, são ótimas ferramentas de gestão de projetos que se encaixam bem no orçamento de pequenas empresas.

Mas, muito mais importante do que conhecer as alternativas, é entender que o uso determina a eficiência e não o contrário.

Em outras palavras:

O bom profissional de engenharia não utiliza um software de automação ou de gestão, porque o mercado diz que é importante, mas, porque entende o papel determinante que pode ter nos resultados do seu trabalho.

Um software mais simples, ou mais barato, desde que adaptado as necessidades e bem utilizado, pode ser tão efetivo quanto as soluções mais caras e complexas.

A questão central, portanto, está na sua disposição para se adaptar ao uso das soluções adotadas nas grandes empresas ou, para aprender a utilizar alternativas viáveis em outras situações.

Em uma empresa menor, relativamente “desorganizada”, pode ser vista como uma oportunidade de crescimento rápido por um profissional que domina as ferramentas disponíveis.

Este é o desafio que se apresenta: suprir as deficiências de formação e as inadequações do mercado brasileiro, com estudo e dedicação pessoal.

Mesmo porque, ainda que a realidade das empresas constituídas, nas quais você provavelmente trabalhará; impeça a implementação integral destas soluções, sempre há a possibilidade de que você se torne autônomo.

E neste caso, quanto mais profundo o seu conhecimento das ferramentas, maior será a sua competitividade.

*Este artigo foi uma colaboração de Breno Andrade, responsável pelo marketing e relacionamento da Seleção Engenharia. A Seleção Engenharia é uma Plataforma de conexão entre Engenheiros e empresas de Engenharia. Dentro da Plataforma os candidatos encontram vagas de emprego para engenheiros por área de atuação e nível de formação, em várias regiões do país. Além disso, os usuários também contam com um material de apoio exclusivo, como ebooks para baixar e cursos online. Para saber mais visite o site ou blog da Seleção Engenharia.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 20 =