Sistemas de prevenção de incêndio são essenciais em restaurantes

Tempo de leitura: 2 minutos

O risco de incêndios em restaurantes, bares e cozinhas industriais é muito alto, visto que estes locais possuem diversas fontes de calor (fornos, fogões, grelhas, fritadeiras, etc.) aliadas a presença de elementos combustíveis variados como óleos, gordura e gases. Um incêndio na cozinha pode se tornar uma experiência terrível. Uma pequena chama em um aparelho qualquer pode se alastrar por toda cozinha em pouco tempo, danificando toda a estrutura do local e pior ainda, machucando os colaboradores do local. Por esta razão é imprescindível, que os empresários fiquem atentos e instalem sistemas de prevenção de incêndio em suas cozinhas.

A prevenção e combate ao incêndio tem início em um projeto bem estruturado e personalizado, que atenda a todas as necessidades do restaurante e respeite a legislação vigente. É fundamental, que os funcionários do local também estejam bem treinados e saibam como agir em situações de risco, além de colaborarem com a prevenção. Um item de responsabilidade dos usuários da cozinha, e que pode se tornar um agente causador de incêndios, é a sujeira acumulada nos equipamentos. Sem a limpeza ideal em filtros e coifas, uma gota de gordura no local errado pode ser o início de um incêndio.

O sistema de segurança mais adequado para a sua cozinha, dependerá dos equipamentos instalados, tamanho do local e necessidades específicas. São diversos sistemas disponíveis, todos com grande nível de proteção. Para identificar os itens necessários, a contratação de uma consultoria especializada é a melhor solução. No entanto, elementos como saídas de emergência, sinalização, extintores, detectores, sensores de presença de chama e sprinkles são obrigatórios. Instalados em sistemas de prevenção de incêndio fixos, estes equipamentos protegem os estabelecimentos 24 horas por dia e dependem pouco ou de nenhuma forma da ação humana para acionamento.

De acordo com a XS Gás , empresa especializada em equipamentos de controle e segurança de chama, estes sistemas funcionam de forma automática a partir do momento da identificação do incêndio, cortando imediatamente a emissão de gases e logo após extinguindo as chamas. “O melhor desses sistemas é não depender do treinamento dos operadores, não há necessidade de qualquer intervenção, diminuindo a possibilidade de falha e aumentando o nível de segurança”, explica.

Apesar de toda a tecnologia disponível e da cobrança legal, pelos sistemas de prevenção de incêndio. Existem empresas que não estão adequadamente seguras, é importante ressaltar que uma cozinha segura garante um bom funcionamento do estabelecimento e a preservação da vida dos membros da equipe e de seus clientes.

fonte: http://exame.abril.com.br/negocios/dino/sistemas-de-prevencao-de-incendio-sao-essenciais-em-restaurantes-shtml/

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 16 =